Pular para o conteúdo principal

Não caber, sufocar


Não caber, sufocar
Tem dia que a alma engorda e não serve mais no corpo
Às vezes a culpa é do corpo, que encolhe e não suporta a alma
Acontece também da alma ficar pequenina, em desacordo
Aí então é o corpo que não consegue enxergá-la, esquentá-la
E quando o corpo brinca de mudar de forma, ficar roto?
É terrível, brincadeira sem graça! Um tremendo alvoroço!
Confunde a alma, que parece não saber voltar pra casa, desgarrada
E então, ao se dar conta, feito tonta, você não cabe em si mesma

Maritta Cury

08/08/2016

Foto: Pri Rossignoli

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem quereres

Tem horas que a vida não te deixa ser aquilo que você quer ser.
É como se ela te obrigasse a virar outro ser, sem quereres, sem querer...

Umbigo

Caro amigo, existe um mundo além do seu umbigo!

Maritta Cury

Dia de Abraço

que em apenas um passo
desconstruam-se os erros
e  rodopie meu compasso
que em apenas uma cena,
só por hoje, dia de abraço,
floresça mel e vida na veia