Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Nice

Por ora me sinto como Vitória de Samotrácia
Sem cabeça e com belas asas
Se colocada na proa de um navio
Fico uma graça, causo até arrepio
Mas preciso de ajuda... Devo ser restaurada
Aí sim, posso voar, sem me afogar
Venço a batalha, pronta pra ser apreciada

Maritta Cury
26/02/2015

Aquarianas Doidivanas

Eu e elas, minhas aquarianas
Tão belas, doidivanas
Vivo vidas ao lado delas
É que não sou boba não
Bebo um pouquinho do que elas dão
Hidrato minha alma de verdade
Uma gotinha de coragem
Mais uma de arrojo e liberdade
Com um tanto de beleza e espontaneidade
Elas sabem viver, contornar, desviar
E, se preciso for, voltar em outro ritmo
Por isso, observo, admiro, curto, choro, rio
Me divirto e amo infinito

02/2015

Sonhos Simples

Simples sonhos
A duras penas

Maritta Cury
09/02/2015