Pular para o conteúdo principal

Imperfeito




O fluxo de sangue está lento
Chega até a parar de pulsar
Às vezes inspiro e
Logo volto a vibrar
Mas se respiro, inalo repulsa
Eu podia sumir
Ou até expulsar
Me vejo mamífera
Pego a cria e engulo
Sem precisar suportar
A dor do imperfeito
E lágrimas brotam do peito


Maritta Cury

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem quereres

Tem horas que a vida não te deixa ser aquilo que você quer ser.
É como se ela te obrigasse a virar outro ser, sem quereres, sem querer...

Umbigo

Caro amigo, existe um mundo além do seu umbigo!

Maritta Cury

Dia de Abraço

que em apenas um passo
desconstruam-se os erros
e  rodopie meu compasso
que em apenas uma cena,
só por hoje, dia de abraço,
floresça mel e vida na veia