Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

Imperfeito

O fluxo de sangue está lento Chega até a parar de pulsar Às vezes inspiro e Logo volto a vibrar Mas se respiro, inalo repulsa Eu podia sumir Ou até expulsar Me vejo mamífera Pego a cria e engulo Sem precisar suportar A dor do imperfeito E lágrimas brotam do peito

Maritta Cury