Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2010

Encontro

Que encontro e que sorte
O avesso me inverte Diferença vital De ti, todos os dias, Ganho um presente Sem ti, na minha vida, Me escapa o essencial Muito mais que uma atriz Me descobre mulher, feliz Te encontro completo, me divirto Me transporto pra perto, pra dentro E hoje eu peço: de mim e de ti Que surja infinito

Maritta Cury

Dia-a-dia

Em frente à praça, o passa-passa Atravessa o homem, passa a mulher, sorriso sem graça O executivo e sua pasta, a hora se desgasta Sem licença, um barulho que estilhaça A bala transpassa. Realça a tarde ensolarada Vítima ao chão, não larga a pasta da mão A cachaça guia o bêbado que tropeça Corre corre e passa com pressa O rapaz grita à sua namorada: - “Carol, vamos nessa!”

Maritta Cury