Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

Inundando expectativas

Tão diferente. Impaciente
E eu só quero alguém que me entenda
Tão dolorido. Um tanto sem jeito
O que mais queria era alguém parecido
Um tanto turrão, diz que o tenho na mão
Eu não acredito, duvido
Me pede carinho e eu juro que dou
O que eu produzo tem virado sabão?
Em seu Universo, me tinha distante
Existi cheia de beleza e de sonhos
Destruo aos poucos
Inundo seu sono com gotinhas de pesadelo


Maritta Cury